quarta-feira, 8 de junho de 2016

Preparação para redação do Enem

Disponibilizamos a você, em parceria com a ftd, temas de redação para o Ensino médio para ampliar e aprofundar o trabalho de produção de textos.

CLIQUE AQUI para baixar!

terça-feira, 10 de maio de 2016

Estude e faça simulados do Enem com o MECFlix


MECFlix é uma plataforma de videoaulas gratuitas, desenvolvida pelo Ministério da Educação, para auxiliar o aprendizado dos alunos e otimizar seus estudos. A Hora do Enem é um projeto para o estudante que vai fazer o Enem - Exame Nacional do Ensino Médio - estabelecer o seu próprio modelo de estudos. No site, o usuário encontra conteúdos como o boletim de notícias diário com informações sobre o Enem, videorresoluções com questões dos anos anteriores comentadas por professores, videoaulas e uma plataforma de estudo personalizada com planos de estudos, exercícios e simulados on-line. Vale lembrar que é tudo gratuito.

Site do MECFlix: http://mecflix.mec.gov.br/
Mais informações sobre a plataforma
http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2016/05/o-que-e-e-como-funciona-o-mecflix-o-netflix-do-governo-brasileiro.html

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

A EDUCAÇÃO ESCOLAR NO PROCESSO DE FORMAÇÃO HUMANA

“Qual o papel da educação escolar em nossa sociedade?”. Fundamentamos a necessidade de uma educação formal no processo de desenvolvimento humano por considerarmos o homem como um ser histórico e social que, ao se apropriar do conhecimento, contribui para se constituir sujeito capaz de transformar a realidade.
 Entendemos que educar não é apenas “formar” sujeitos para a sociedade que nos é posta, mas que possam transformá-la. O discurso que a educação muda a sociedade deve ser aprimorado pois a transformação não ocorre pela ação da escola, mas de forma mediada. Isso porque é por meio da educação que ocorrem tomadas de consciência que desencadeiam processos de transformação social.
É necessária a superação da visão idealista para qual a educação é o carro motor da mudança uma vez que a tomada de consciência é parte deste processo. A formação do indivíduo requer um processo educativo pelo qual o homem se apropria da experiência sócio-histórica acumulada ao longo dos anos, em sua relação com outros indivíduos.
Pensar em educação exige entendê-la como inserida no processo do desenvolvimento do indivíduo pertencente ao gênero humano. De acordo com Leontiev, o homem se insere num contexto que possibilita o surgimento de necessidades, entre elas, a de se apropriar das condições sociais por meio da linguagem, valores, comportamentos, o que se dá por meio da “atividade educativa”.
Assim como outros animais, o homem possui características que determinam sua espécie, transmitidas por gerações em função da carga genética.  Mas, somente ele tem a possibilidade de assimilar a experiência pela apropriação da cultura. Aceitar esta afirmação requer o entendimento de que o homem incorpora o desenvolvimento sócio-histórico a que se sujeita.
Demerval Saviani sinaliza que o homem não se faz homem naturalmente. Para pensar e sentir; querer, agir ou avaliar, é preciso aprender, o que implica o trabalho educativo. O saber que diretamente interessa à educação é o que emerge como resultado do processo de aprendizagem. Para chegar a esse resultado, a educação toma como referência o saber objetivo produzido historicamente.  Portanto, a atividade educativa não é a responsável pela produção do indivíduo, mas a mediadora da apropriação da humanidade por ele.
A escola oferece conteúdos e desenvolve modalidades de pensamento bastante específicos, deste modo, desempenha um papel insubstituível no que se refere à apropriação pelo sujeito da experiência cultural acumulada.
Ela é o espaço que promove a análise e generalização da realidade: o pensamento conceitual. Os conceitos científicos são importantes para o desenvolvimento cognitivo do indivíduo, pois promovem níveis mais elevados de tomada de consciência quando comparados aos espontâneos, o que fortalece a importância da aprendizagem no desenvolvimento do aluno. Nessa perspectiva, a educação escolar não somente desenvolve a capacidade de apropriação do conhecimento acumulado, mas a formação do ser humano.


Tatiana Peruchi de Pelegrin, professora de Física do Colégio Marista de Criciúma. 

quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

O que eu Quero da Vida?

Dúvidas, medo e incerteza são questões constantes na vida de todas as pessoas. Em relação a escolha de uma carreira ou profissão não podia ser diferente, algumas pessoas tem uma vocação clara e fica fácil decidir, mas a maioria absoluta se sente perdida quando está prestes a escolher. E neste caso, o que pode ser feito ?

Faça o Teste Vocacional do Guia da carreira que pode ajudar a esclarecer as suas ideias!
http://www.guiadacarreira.com.br/teste-vocacional/

terça-feira, 6 de outubro de 2015

terça-feira, 25 de agosto de 2015

O LIXO NO BRASIL

Você sabia que apenas 3% de todo o lixo produzido no Brasil é reciclado?


30% do lixo produzido no Brasil poderia ser reaproveitado. Número de municípios que implantaram programas de reciclagem aumentou. Para saber mais sobre esse assunto, acesse o link com um material super completo da FTD: http://ftd.com.br/ftdse/pdf/CNT/SE_ARTICULACAO_CNT_2015_AGO.pdf

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

INTERNET PODE SER ALIADA NA BUSCA POR CONHECIMENTO


 Estudar através da rede exige disciplina, foco e organização por parte dos alunos

A escolha de horários fixos e de um ambiente calmo pode auxiliar na preparação para exames, como vestibular e ENEM

A internet revolucionou as formas de comunicação. Ela ajudou a encurtar distâncias, compartilhar conhecimentos e a promover o intercâmbio de ideias entre pessoas de diferentes partes do mundo.

É fato que a grande rede é uma ótima ferramenta na busca pela informação, já que engloba uma quantidade de assuntos praticamente infinita. Lazer, notícia, opinião, história, arte, cultura: tudo está a apenas um clique. Mas, você já parou para se perguntar que tipo de informação busca nos sites e mídias sociais? Você sabe usar o tempo gasto navegando na internet a favor dos seus estudos?

O professor de História e Filosofia do Colégio Marista de Criciúma, Michel Goulart, explica que diante de tanta informação disponível na rede, o desafio é selecionar e eleger prioridades para que a internet seja uma aliada e não um obstáculo na busca do aluno por conhecimento. Principalmente, quem está se preparando para exames importantes, como o vestibular ou o ENEM, pode encontrar na internet uma fonte de pesquisa e atualização. Entretanto, é preciso disciplina, foco e certa cautela para que os resultados esperados sejam alcançados. “O uso da internet para estudar apresenta algumas vantagens claras. Você pode estar no conforto de casa e ter à disposição recursos interativos, como vídeos, gráficos, animações, resumos e exercícios complementares. Porém, o sonho pode se tornar um pesadelo e as quatro horas que você separou para estudar, podem se reduzir a dez minutos”, alerta o educador.

Para otimizar o tempo em frente ao computador e obter sucesso nos estudos, a primeira dica do professor é a definição de um local adequado. “Escolha um ambiente calmo para estudar e opte por horários com pouca agitação na casa”, destaca.  

O estudo on line pode até ser mais dinâmico, mas demanda a mesma disciplina e atenção exigida na sala de aula. “Procure desenvolver a concentração. Estudar pela internet e interagir com os amigos, ao mesmo tempo, dificilmente vai criar um ambiente propício para a aprendizagem. É verdade que as redes sociais também podem ser utilizadas nos estudos, mas cuidado para não dispersar com facilidade”, orienta.

 “Você pode estar no conforto de casa e ter à disposição recursos interativos, como vídeos, gráficos, animações, resumos e exercícios complementares” Michel Goulart, professor de História e Filosofia

Organização é outro item fundamental. “Separe os materiais necessários para estudar e selecione os sites nos quais você pretende obter informações. Além disso, tenha sempre uma garrafinha de água por perto, pois a água hidrata e melhora a concentração”, sugere.


Procure descobrir ainda qual horário é mais produtivo para os estudos. Leia e faça os exercícios todos os dias no horário, desta forma cria-se um hábito, uma rotina de estudos. Faça, com frequência, anotações das ideias principais encontradas em sites e um resumo das discussões realizadas no ambiente virtual. Por fim, muito cuidado com o tipo de informação que você busca na rede. Navegue apenas em sites com conteúdo confiável, de preferência assinado por especialistas no assunto.